Hipertensos podem receber anestesia odontológica?

Hipertensão e anestesia odontológica

Você já se perguntou se existe algum problema na associação entre a hipertensão e a anestesia odontológica? Frequentemente não cogitamos, mas algumas doenças podem dificultar, em graus diferentes,  tratamentos comuns do nosso dia-a-dia.   Esse é o caso que abordaremos hoje ao apontar o cuidado extra que deve-se ter quando atendemos um paciente hipertenso. A hipertensão é popularmente conhecida como pressão arterial elevada ou simplesmente  pressão alta’.

O que é hipertensão?

A hipertensão arterial sistêmica é uma doença crônica, que é caracterizada pelos níveis elevados da pressão sanguínea nas artérias. Ela acontece quando os valores das pressões máxima e mínima são iguais ou ultrapassam os 140/90 mmHg (ou 14 por 9). A pressão alta faz com que o coração tenha um esforço maior do que o normal para fazer com que o sangue seja distribuído corretamente no corpo. Existe um componente hereditário. Mas há vários fatores que influenciam nos níveis de pressão arterial, como os hábitos de vida do indivíduo. 

Sou hipertenso. E agora?

Calma. Primeiro temos que entender que o importante é conhecer todos os detalhes da saúde do paciente e o como isto pode interferir no nosso procedimento. E sim, há alternativas seguras. O que devemos evitar é tudo que possa levar a pressão aumentar ainda mais ou ainda que hajam arritmias cardíacas. Tendo isso em mente, podemos destacar que existem anestésicos locais associados a alguns vasos constritores que podem ser utilizados em pacientes hipertensos na odontologia. A felipressina ou a epinefrina são os mais indicados no atendimento a pacientes com hipertensão controlada no estágio I ou II. E quando utilizados em doses terapêuticas, apresentam baixo risco de complicações; Podemos notar então que, o mais importante é o adequado conhecimento do estado de saúde paciente e o controle da adequado da pressão arterial. E é isso que tornará possível o atendimento do paciente hipertenso com anestesia odontológica. E é exatamente por isto que uma avaliação pré-operatória com o médico anestesista é essencial antes de qualquer cirurgia e antes de qualquer anestesia. Ele poderá investigar o estado de saúde do paciente e determinar qual a melhor técnica anestésica a ser realizada, com segurança e conforto.   Então, perca mais tempo. Agende hoje mesmo uma consulta.

Avaliação pré-anestésica

Garanta sua tranquilidade na cirurgia. Agende já sua consulta pré-anestésica com o Prof. Dr. Ivan Vargas. Avaliação Presencial ou online!

5 Replies to “Hipertensos podem receber anestesia odontológica?”

  1. Boa noite me chamo Márcia tenho pressão alta tenho 2 dentes para tirar um siso e outro tá quebrado mesmo com a pressão alta posso fazer esse procedimento?

    1. Olá Marcia, tudo bem com você?
      A pressão alta é uma condição de saúde que, quando não diagnosticada e quando não tratada adequadamente, aumenta riscos ao paciente, seja sozinho ou associado a uma cirugia.
      Sendo assim, o grande risco está em:
      1) Não saber que tem pressão alta (você já sabe);
      2) Não controlar a pressão adequadamente;
      3) O cirurgião que vai te atender não saber que você tem pressão alta.

      Portanto, o ideal é que o médico que te acompanhe, te avalie antes da cirurgia para verificar se está tudo bem e se é necessário realizar algum ajuste na sua pressão antes do procedimento. E também que o cirurgião saiba. Pois assim ele pode escolher a técnica e os medicamentos mais adequados para o teu caso, visando sempre a tua segurança.

      Por fim, fazer esta cirurgia, mesmo sendo hipertensa, é seguro. Desde que observemos estes detalhes.
      E se precisar, estamos por aqui: contato@ivanvargas.com.br
      Desejo sucesso no seu procedimento!
      Depois conta pra gente como foi!

    1. Oi Mauricelia, tudo bem?
      Em primeiro lugar, parabéns. Pois tendo o diagnóstico de hipertensão, você toma a medicação todos os dias. E é isto que torna tudo mais seguro.
      Porém é importante ressaltar que, em algumas situações, mesmo tomando os medicamentos, a pressão não fica completamente controlada. E isto é o que é importante.
      Por isto, antes do procedimento cirúrgico, o correto é conversar com o médico que te atende e avaliar se há necessidade ou não de ajuste da medicação. Estando tudo correto, a cirurgia será segura.
      Desejo boa sorte e conta para nós aqui como foi.
      E precisando, conte conosco: contato@ivanvargas.com.br

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *